quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

A verdadeira Marinete

Tenho uma amiga faxineira que é uma verdadeira frasista. Aliás, frasista só não, ela é uma pesquisadora do mundo dos "baixa renda", como gostam os politicamente corretos. Essa minha amiga é uma guerreira: cria três filhos sozinha, trabalha em diferentes casas, muitas vezes chega a bater o ponto em duas residências por dia. Com ela não tem perrengue: chova ou faça sol ela aparece, nunca deixa ninguém na mão. E se não pode ir, manda alguém no seu lugar. Numa tarde de sábado dessas, ela presenciava um churrasco na casa de um de seus clientes. Pouca gente, música ambiente...em poucos minutos de observação, a verdadeira Marinete solta a seguinte pérola:

- Churrasco de rico é outra coisa, né? As pessoas falam baixo... não tem confusão. Churrasco de pobre é diferente, sempre acaba em boletim de ocorrência.


É ou não é uma antropóloga?

5 comentários:

Florenza disse...

Bárbara,
Não tenho a Marinete, mas tenho a Fátima, que se não é frasista, é uma temente a Deus no seu mais alto grau. E sempre me sai com essa: "é da vontade dele". Fico pensando se ela não pertence a alguma casta hindu que aceita com resignação tudo o que lhe aparece. A Marinete é mais solta e sabe viver a vida. Diria que é uma filósofa de mão cheia! rsss...
Adorei o texto.
Voltei hj a escrever. Passa lá no meu blog tá?
bjs,
Flor

DestroieR disse...

Ótimo texto...e fazendo uma paradinha pra pensar...bem real...mas diga-se de passagem q normalmente em churrasco de pobre tem mais comida....rsrsrs. Parabéns pelo novo visual do BLOG..., ficou bem legal...só falta vc escrever um pouco mais como prometido na sua lista de 2009 (rsrs). Bye.

isabella saes disse...

É sim. Eu tenho uma Marinete em casa tb. As pérolas são muitas!! Não sei o que seriam de mim sem elas. Beijos.

Bárbara Pereira disse...

Flor: saber viver a vida é realmente uma arte. Pode soar meio clichê, mas é a pura verdade. E a Marinete de cá sabe fazer isso...e como sabe!
Seja bem-vinda a blogsofera. Vou passar lá sim!

Destroier: minha resolução de ano novo está de pé. Vou tentar - e como - cumpri-la: blogar, blogar, blogar...
A propósito, churrasco de pobre é comprovadamente mais farto...rs

Belíssima: vc tem toda razão. O que seria de nós sem elas!

Sergio Brandão disse...

Ahahahaha!!!! Frase muito boa e pertinente, Bárbara!
E da onde nossas "fadas-madrinhas do lar" (gostou da "metáfora"? rs) conseguem tirar tantas pérolas como esta??? Quando não é um tipo de "insight antropológico", é um trocadilho linguístico daqueles... Me lembro já ter te contado que a "Rose", aqui de casa, quando falava sobre a quantidade de documentos que a igreja estava exigindo para batizar a filha dela, disse o seguinte em alto e bom tom: "é tanta 'democracia' que a gente acaba quase desistindo!" rsrs Bjs.