domingo, 14 de março de 2010

O peso dos 40

A mulherada que já chegou aos 40 sabe muito bem do que vou falar. Ora bate uma felicidadezinha por estar relativamente bem, ora bate um desespero por ter que correr atrás do prejuízo mais do que aos 25, quando comemos qualquer porcaria e queimamos no dia seguinte numa corridinha básica na academia. O problema é que aos 40 o metabolismo é mau feito o pica-pau. Vai embora sem deixar nem uma cartinha de despedida. Foi num momento de desespero desses que topei - sem refletir muito sobre meu ato - entrar numa aula de lamba-funk na minha academia (que aliás merece um post aqui qualquer dia desses). Pois bem, sem medo de ser feliz, me entreguei de corpo e alma ao som de nada mais nada menos do que Rebolation. Confesso que me diverti. Mas de repente a música muda e entra um batidão com a seguinte letra:
- Eêêêêê, baraaaaaaaaalho!'

Nesse momento concluí que a dieta não é tão ruim assim e saí de fininho.

5 comentários:

Murilo Ribeiro disse...

Confesso: jamais imaginei que viveria para ver você dançando ao som de É o Tchan. Depois dessa visão, digamos, um tanto inusitada, concluo que é dada por encerrada a era do glamour na televisão brasileira...rs!
Bj, Cálega! E bota a mão na cabeça que vai começaaaaaaaaaaaaaar...rs!

Surfista disse...

Lamba-funk!
Vixe, que mistura inusitada e igualmente tenebrosa.

Surfista disse...

- Eêêêêê, baraaaaaaaaalho!

Bárbara Pereira disse...

Oi Surfista,
tenebrosa? Vc não viu nada...

abs,

Dick Anderson disse...

Experimentar sempre é bom, mas o Ministério da Saúde adverte:consumo constate desse tipo de som provoca diarréia cerebral!!!