quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Perderam a medida do mundo

Essa frase é do meu chefe, tão boa que eu vou passar a usá-la aqui no blog sempre que souber de alguma bizarrice dessa terra de meu Deus. Pois a primeira coisa estranha dessa série vem da edição nº 37 da revista Piauí. A matéria publicada na página nº 82 conta a história da morte - simbólica, tá gente - dos papa-defuntos. Os profissionais que passam a régua no caixão estão com os dias contados porque o "empreendedorismo" já descobriu um jeito de se instalar por ali e agora existe uma coisa chamada TANATOPRAXIA, cujo o sistema consiste no seguinte: dar uma guaribada naquele que fez a passagem. Uma espécie de maquiagem turbinada, com produtos capazes de deixar o morto com cara de vivo.

Gente, perderam ou não perderam a medida do mundo?

2 comentários:

Murilo Ribeiro disse...

Cálega, isso vem dos States. Existe até uma série da HBO, Six Feet Under, que mostra uma família proprietária de uma casa funerária que oferece esse curioso serviço.
Bj!

Bárbara Pereira disse...

Pois é. A matéria explicava isso, mas eu não imaginava que esse negócio ia pegar rápido por aqui. Achei que o brasileiro ia fazer troça disso, mas, pelo visto, a gente gosta de importar maluquice, né mesmo?